.

.

quarta-feira, 14 de março de 2012

Machado de Assis não era popular

Já tinha ouvido falar que Machado não era tão popular antigamente. Esse “reclame” de 1931 parece confirmá-lo. Há nomes que ainda hoje são muito conhecidos, como Eça, Casimiro de Abreu, Flaubert e Euclides da Cunha. E Machado nem consta.

Mas o interessante são os autores outrora popularíssimos e hoje em um semi ou total esquecimento: Coelho Netto, Conselheiro XX (esse era pseudônimo do igualmente olvidado Humberto de Campos), Guerra Junqueiro e Padre Manoel Bernardes. Quanto aos outros, antes de uma consulta ao Google nem sei quem são: Maria Amália, Plato da Rocha, Gomes Leal...

Em entrevista, Drummond se mostrou cético quando perguntaram a ele sobre imortalidade literária. Esse Sic Transit Gloria Mundi de antigas celebridades parece dar-lhe razão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário